Recentemente aqui:

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Brasil - Terra de Sonho

Vamos refletir? Dê sua opinião sobre o texto.
Brasil - Terra de Sonho

O Brasil é viável e pode, com certeza, torna-se uma digna e grande nação.  
O país geográfico e físico, com suas riquezas e recursos naturais, está a merecer um país político e social do mesmo calibre.
E por que não se dá fenômeno tão desejado?
A resposta é simples.  Três obstáculos atravancam a marcha vitoriosa do Brasil: O Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
O primeiro concebe e elabora os mecanismos escusos (leis) que retardam o progresso brasileiro; O segundo cuida de pôr em prática aqueles nefastos mecanismos e, finalmente, o terceiro trata de torná-los legais.
A nossa justiça pouco se importa com o que é realmente justo, já que só defende o que é legal.
Qualquer cidadão por mais bronco que seja sabe que o cipoal de impostos que toma de assalto o bolso do brasileiro é estupidamente injusto.  Entretanto, é legal. 
A verdade é que a famigerada harmonia e independência dos três poderes políticos constitui-se em uma grande farsa, puro cabotinismo, só estão presentes no texto inerte da lei.   E a lei entre nós é uma ficção, belíssima ficção.   Nada mais vilipendiado pelos governos que a Constituição Federal.  Alias, a Carta Magna sempre serve de argumento para favorecer aos poderosos, aqueles que tem mais e que mais querem.  Todas as patranhas e roubos perpetrados contra o erário público tornam-se constitucionais da noite para o dia, com uma simples canetada.
A lei é uma ficção isto porque faltam aos homens do atual momento histórico, sobretudo aqueles que representam  o poder, as excelsas qualidades que a possam vivificar.  Já se extinguiu a paixão do justo, desapareceu a reverência à moral simples e pura, dissolveu-se a coragem abnegada, a aptidão, a tenacidade, a integridade do caráter, a autonomia da vontade consciente e forte, todas as qualidades que constituem, em suma a força das raças vitoriosas.
O governo deixou de ser, entre nós, a missão nobilíssima de estadistas, para se transformar num monopólio lucrativo da legião de corruptos e desfibrados que colocam seus interesses pessoais e imediatos acima da segurança e da integridade da nação.
O que vemos a cada quatriênio é o país ser tomado de assalto por uma trupe mambembe formada sempre no calor da hora por interesses mesquinhos e politiqueiros.  E o povo? O povo que se dane, como sempre se danou.

Assis Drumond


2 comentários:

  1. Um texto lindo, bem escrito.Palavras bem colocadas. Pena nosso Brasil tão lindo, tão grande é tão mal administrado, tanta corrupção, insegurança, descaso com o povo... Pena mesmo! bjs, lindo fds! Obrigadão pelos carinhos,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Jack, é a Vi, quando o povo entender, que quem detêm o poder esta nem ai com eles, pode ser que abandonemos esse lamaçal.
    Ótimo texto, beijos,Vi

    ResponderExcluir

Sejam bem vindos e,
Obrigada por visitar meu cantinho e deixar aqui o seu comentário.
Irei responder no seu blog ou email, não aguarde a resposta por aqui. Dessa forma, é bom que também te visito.
Beijos