Recentemente aqui:

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Arroz de carreteiro

Antes dessa receitinhas simples e deliciosa, vou contar um pouquinho a história desse arroz, que busquei lá na wikipédia:

Comumente chamado simplesmente de "carreteiro", o arroz carreteiro (ou arroz-de-carreteiro) é um prato típico da culinária brasileira, originário do Rio Grande do Sul. Surgiu quando os carreteiros (transportadores de cargas) que atravessavam o sul do Brasil em carretas puxadas por bois coziam em panela de ferro uma mistura de charque picada (guisado) com arroz[1]. Trata-se de um prato prático que por sua simplicidade podia ser preparado pelo viajante solitário, que comeria um churrasco (que é feito de carne fresca) somente em um paradouro, o que conseguia fazer somente depois de muitos dias de viagem.
Sem contar com geladeira e, tampouco, ter como congelar a carne, o carreteiro valia-se da carne de sol, que no Rio Grande do Sul é conhecida como charque (preparado nas charqueadas), e esta se conservava durante os muitos dias da viagens empreendida pelo carreteiro transportador de cargas. Este, diferente dosmascates (caixeiro-viajante - comerciante ambulante), que, em geral, se valiam de carroças puxadas por cavalos, não ia de casa em casa ou de estância em estância, mas seguia entregando suas cargas pelo menor curso direto ao destino.
Elaborado originalmente à base de charque e arroz e tradicionalmente preparado em panela de ferro, é um dos principais pratos da culinária gaúcha.[2]
Todavia, nos tempos modernos os gaúchos (ou rio-grandenses) preparam arroz com carne moída ou sobras de churrasco e chamam de carreteiro em alusão ao nome original "arroz-de-carreteiro".
O prato foi incorporado à cozinha brasileira e hoje é comum saboreá-lo em todo o país.
Nas regiões Centro-Oeste e Nordeste do Brasil é também conhecido como Maria-isabel, e preparado com carne-de-sol.
Vamos a receita:
Numa panela anti aderente refogar 1 linguiça calabresa sem pele

Em seguida acrescentar 1 xicara de carne seca dessalgada, picada e cozida na pressão por uns 20 minutos
Depois colocar 1 cebola grande picadinha
Deixa a cebola murchar e acrescentar 1 xic. de arroz lavado e escorrido, mexendo bem até fritar.
Acrescenta 2 copos de água e deixa ferver, tampa a panela e deixa secar.

Enquanto espera secar, prepara uma salada de alface com tomates e, está pronta a sua comidinha rápida pra janta, e o melhor só sujou uma panela, srsrs
Tenham um ótimo apetite e uma maravilhosa semana.

EDITADO
A Patty lá do meninas que leem, me informou que esse não é o verdadeiro arroz de carreteiro, esse é o chamado arroz de china pobre.   Ou seja, o gaucho que me ensinou a fazer dessa forma, me ensinou errado, buáááaá.
Em tempo, descobri também que lá china é o mesmo que prostituta..nos livros de Verissimo, li muitas vezes sobre as chinas, e queria ter certeza que era isso mesmo.  Obrgada Patty.

Beijos
Jack

4 comentários:

  1. Oi Jack!!!! Hummm ja comi mas nunca fiz e vi q nao da trabalho nenhum, vou fazer em casa..

    Bjinhos rose jp

    ResponderExcluir
  2. Jack, arroz com linguiça não é carreteiro, é arroz de china pobre... e china para nós, não sei por que, significa prostituta... haha! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patty, um gaúcho falou pra eu colocar linguiça além da carne seca no meu arroz de carreteiro, rsrsr, mas foi bom saber que assim não vale, é conhecer o nome certo com linguiça, rsrsr

      Excluir

Sejam bem vindos e,
Obrigada por visitar meu cantinho e deixar aqui o seu comentário.
Irei responder no seu blog ou email, não aguarde a resposta por aqui. Dessa forma, é bom que também te visito.
Beijos